terça-feira, fevereiro 20, 2018

Show de lançamento do disco ...Vício, Virtude, Violência... (Parte 1)

Demorou mais saiu...

Amanha (21/02) será o show de lançamento do nosso novo CD, no Teatro Gamboa Nova (Largo dos Aflitos). Será PONTUALMENTE às 20 h com ingressos a R$ 10 meia/R$ 20 inteira e participação especial da FUNCIONAFACE.

Ah, tá rolando uma lista amiga no Facebook, basta clicar aqui

TODO MUNDO LÁ !!




segunda-feira, fevereiro 05, 2018

Agradecimentos!

Pessoal, queremos aqui deixar registrado nossos agradecimentos por dois shows recentes que foram EXCELENTES!

Ambos, devido a correria, não divulgamos aqui no blog... Um foi o aniversário de nosso percussionista Marcos Sampaio:



Este show contamos com a participação mais que especial do projeto Funcionaface (por André Borges, da banda Vende-$e) e também com algumas pontas dos nosso amigos Devarnier (que concebeu a capa do nosso novo disco) e Dark (que foi nosso primeiro baterista e autor da letra de "Desconstrução"). Segue vídeo com nossa performance conjunta:



Além dessa noite super especial, tivemos também o "Mundos em Conexão", reunindo Modus (Salvador), Jato Invisível (Lauro de Freitas) e Organoclorados (Alagoinhas):



Este evento também contou com participações muito especiais: Suzi da banda Invena e Silvana da Jato Invisível cantaram músicas com a Organoclorados, bem como nossa amiga Beatriz que fez um cover do Joy Division. O público se divertiu muito e foi interessante ver a total integração entre os presentes e as bandas! Para quem foi a participou, fica aqui o nosso MUITO OBRIGADO!



terça-feira, janeiro 16, 2018

Release "...Vício, Virtude, Violência..."

Confiram o release oficial do nosso novo disco, "...Vício, Virtude, Violência...", elaborado por nosso amigo Marcos Borgón:



Viciante, Virtuoso e Violento!
O ritmo frenético das grandes cidades. O caos do trânsito. A poluição sonora e atmosférica. As relações cada dia mais breves e fugidias. O crime e os noticiários sensacionalistas. A Modus Operandi representa e traduz a vida nas grandes metrópoles, e o melhor: transforma em arte. Mas não espere uma arte de fácil fruição, é antes de tudo uma arte complexa, anárquica, incômoda.
Vício, Virtude, Violência não é apenas um título. Trata-se de um conceito que permeia todo o EP. Na primeira faixa, M.A.L., uma gaita de blues antigo e melancólico passeia sobre o reator industrial acionado pela banda. A letra minimalista vem a bordo dos vocais ligeiros e raivosos de Henrique Letárgico. A poesia concreta da segunda música, U.M.A., nos chega através da inconfundível voz de David Vertigo, enquanto um berimbau parece animar uma roda de capoeira no meio de uma metalúrgica em plena atividade. Barbárie, a terceira faixa, teve a letra concebida na Estação da Lapa, antes de sua reforma. Com uma base pulsante, somos levados a perambular pelo submundo de Salvador. Ad Baculum traz o vocal do percussionista Marcos Sampaio; letra com trechos extraídos da Carteira de Trabalho, e uma bateria meio tribal, no centro de uma parafernália enlouquecida. A quinta faixa, Psicografia, contou com a ajuda sobrenatural de Lou Reed, que, segundo a lenda, teria ditado a letra para os integrantes da banda numa espécie de transe coletivo. Holocausto, a última faixa, remete aos horrores da Segunda Guerra, enquanto soa, também, assustadoramente atual. E ainda possui um final hipnótico e angustiante.
Vício, Virtude, Violência traz na capa o trabalho do artista plástico Devarnier Hembadoom, e em seu conteúdo, o conhecido potencial sonoro da Modus Operandi, uma banda que se define como rock industrial, mas que não se acomoda dentro do rótulo. E da inquietação criativa do quarteto surge a marca registrada da banda: o experimentalismo. Desde o início, há vintes anos, a banda apresenta suas referências (industrial, gótico, poesia concreta, atonalismo) de forma desconstruída, diluída e processada, sempre em busca de uma personalidade própria, de um som autêntico. E mais uma vez obteve êxito. Vício, Virtude, Violência é um trabalho com o selo Modus Operandi de qualidade.


Marcus Borgón
 

sexta-feira, dezembro 29, 2017

CHEGOU! Novo disco da Modus Operandi já disponível para venda!

Sim, no finalzinho de 2017, mas chegou... Para você que quer comprar nosso novo CD, informamos que ele já está disponível. Basta falar conosco aqui pelo blog mesmo ou então, se for de outro estado, compra direto pelo Mercado Livre, sem complicação. Segue o link:


https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-955135646-cd-banda-modus-operandi-vicio-virtude-violncia-_JM






quarta-feira, dezembro 27, 2017

Modus Operandi no Bandcamp.

Sim... Agora que você já ouviu nosso disco (de novo!) e quer comprar ele em formato digital, você tem mais um canal: Bandcamp. Clica aí embaixo:

https://modusoperandi4.bandcamp.com/releases

No momento está disponibilizado apenas o CD novo, mas posteriormente iremos inserir nossos outros trabalhos. Fiquem ligados!

terça-feira, dezembro 26, 2017

Vote na Modus como Melhor disco de 2017 no site El Cabong.

Agora que vocês já conferiram nosso novo trabalho (e se não conferiu, basta dar um play no Soundcloud aí ao lado, aqui no blog mesmo) vote na Modus Operandi como melhor disco de 2017. Apesar que tem muita coisa boa lá (The Cross, Game Over Riverside, Jato Invisível, etc.).

Basta clicar no link:

http://www.elcabong.com.br/votacao-quais-os-melhores-discos-baianos-de-2017/

E não esqueçam, CD físico à venda ainda antes do final de  2017, aguardem :)

segunda-feira, dezembro 25, 2017

Ouça agora "...Vício, Virtude, Violência..." na íntegra no Soudcloud.

LIBERADO! Clique agora no link abaixo (ou no player do Soudcloud aí ao lado) e ouça "...Vício, Virtude, Violência..." na íntegra. E fiquem ligado para o lançamento do CD físico:

https://soundcloud.com/banda-modus-operandi/sets/vicio-virtude-violencia